Livro

      Fruto de anos em contacto com a população sem-abrigo da cidade de Lisboa, mas que se repete por este país fora e não só, o autor compilou estes versos propositadamente para este livro, doando todos os direitos de autor a favor da Comunidade Vida e Paz, associação presente 365 dias por ano, através dos seus mais de 600 voluntários, nos quais se inclui o autor, levando uma palavra de conforto e procurando minorar sacrifícios, estendendo pontes para o futuro e reconstruindo sentidos de vida.

      Ao longo dos 37 poemas o leitor vai tomar contacto com a realidade dos seres humanos sem tecto e em vulnerabilidade social. A rima, por vezes quadra, às vezes soneto, outras verso corrido, conduz o leitor até ao encoberto mundo repudiado, e na maior parte das vezes esquecido, de homens e mulheres que vivem na rua ou em condições muito precárias, em prédios devolutos em ruínas.

      Através da poesia o leitor toma conhecimento das alegrias, tristezas, sonhos, vícios, doenças, camaradagem, interajuda e até brigas de quem vive na rua, protegido por um molho de cartões ou simplesmente uma manta. Igualmente se abrem pistas e desvendam pensamentos e preferências por este ou aquele quinhão de comida distribuído por algumas associações.

     

AUTOR

     Nasceu em Lisboa, no dia de São Martinho, no longínquo ano de 1964. A infância passada no campo e a idade escolar na cidade permitiram aprender, absorver e pôr em prática desde muito cedo os sadios valores da vida cristã, nos quais se incluem a solidariedade, a partilha e a ajuda.

       Licenciado em Radiologia pela ESTSL, trabalha no centro hospitalar Lisboa Centro, no Hospital de Curry Cabral.

       Seguindo os ensinamentos familiares, desde muito novo voluntariava-se para pequenas tarefas. Ao longo dos anos as actividades foram crescendo e, sem perder os atos de solidariedade e ajuda por iniciativa pessoal, fez parte e contribuiu para o crescimento de associações como o CASA – Centro de Apoio ao Sem-abrigo, culminando no trabalho voluntário atual na Comunidade Vida e Paz, desde 2012. Profundo conhecedor das realidades da população desfavorecida que vive nas ruas, através das inúmeras horas de dedicação passadas com ela, é amigo pessoal de uma grande maioria destes cidadãos, com quem partilha intensos momentos.

 

      Membro do banco de voluntariado de Lisboa, desempenha pequenas atividades pontuais solicitadas pela Câmara Municipal de Lisboa, quando disponível para as mesmas. Igualmente despende algumas gratificantes horas semanais no projecto “Conversa Amiga” do INATEL.

 

      Ex-voluntário por períodos de um ano nas associações “O Companheiro”, “MPMV” e “SCML”, guarda gratas recordações do trabalho diurno aí desenvolvido.

 

      

 

Copyright (C) 2017 Edições Vieira da Silva LDA. Todos os direitos reservados.

design by LAYOUT