Livro

Inserido no contexto da II Guerra Mundial, LENINEGRADO retrata o drama social vivido por um grupo de personagens que, durante o cerco movido pelas forças nazis à cidade russa, se vê obrigado a tomar decisões relativamente ao seu futuro. O seu enredo, todo ele desenvolvido numa atmosfera de intriga e conflito e a exigir uma reflexão atenta acerca dos valores universais que a situação histórica põe em causa, é partilhado por uma bailarina russa, uma jovem judia, um jovem militar, um empresário metalúrgico e um negociante de arte, partidário da ideologia nazi. Movidas por interesses e ambições pessoais, as personagens procuram sobreviver à guerra, encontrando no amor e nas paixões desenfreadas uma esperança que lhes permita não só um sentido para a vida como uma garantia de futuro. Mais do que contar uma história ou revisitar a História, este exercício textual alerta-nos para o perigo de o processo histórico ser dramaticamente perturbado por ideologias nacionalistas eivadas de fanatismo e preconceito.

Adicionar ao cesto:
11.00€   |   LIVRO
AUTOR

José Manuel da Silva Barros nasceu em Palmeira, distrito de Braga, no dia 6 de Outubro de 1969. No ano seguinte partiu com os pais para Moçambique onde residiu quatro primeiros anos de vida, tendo regressado a Portugal em 1974. Depois da instrução primária, em Palmeira, seguiu para o Colégio de Montariol da Ordem Franciscana, em Braga, tendo completado o 3º ciclo em Leiria na mesma Ordem. Em 1986 regressou a Braga onde completou os estudos secundários no Liceu no Liceu Sá de Miranda. Frequentou durante quatro anos a Faculdade de Filosofia de Braga, Universidade Católica Portuguesa, obtendo o grau de licenciatura em Humanidades em 1993. Em 2013, frequentou a Escola Superior de Educação de Viana do Castelo (IPVC) e obteve o grau de mestre em Educação Artística. Para além da atividade de docente no Agrupamento de Escolas de Valdevez, dedica-se à pintura, à escrita (tendo publicado cinco títulos - “Betty Ford”, drama (2006), Papiro Editora; “O Mistério da Ilha Perdida”, romance (2007) Edições Calígrafo; “A Maldição de Santia”, romance (2010) Edições Calígrafo; “(Des)encontro” (2013) texto selecionado no Festival de Peças de UM MINUTO e apresentado no Chapitô e em São Paulo pelo grupo teatral brasileiro Parlapatões; “O Violador”, drama (2014), Caderno de dramaturgia CTB – Bragacult; “Os Renegados”, drama (2014), 1º prémio do concurso Fundação INATEL. Dedica-se também à arte teatral, sendo encenador, ator e dramaturgo ao serviço da Nova Comédia Bracarense, Companhia de Teatro Amador de Braga.

Copyright (C) 2017 Edições Vieira da Silva LDA. Todos os direitos reservados.

design by LAYOUT